segunda-feira, 5 de julho de 2010

Samba Biruta

Por onde navega o guri, o meu fugaz moreno?
Biruta,me escuta, sua boca escorreu-me um terno veneno
Por que terra o varão esparrama o seu suntuoso melado?
Suspeito, em outro peito, porem por respeito só ajuíza ao meu lado

Senhor do meu surto, titulo do tumulto que furta meu sono
Vago tão sem bagagem, árida, solta na estiagem, lousa fraca sem ti

Não há fundo no mundo se ausência na linha da palma morar
O afeto é assim, zomba aos berros de mim, por não saber te assentar

O meu lado flor, hoje é fruta de dor, manga amarga, angustia do pomar
Rastro triste deixo ao chão, as cegas nesse vão, solidão é meu lar

8 comentários:

  1. Tem uma cara de Gadú...
    Gostei.
    Viajo nesse movimento

    Beijodejujuba

    ResponderExcluir
  2. Onde tem musicas pra baixar de vocês? :)

    ResponderExcluir
  3. "Senhor do meu surto, titulo do tumulto que furta meu sono"

    Pura Pooesia...amei parabens!Ler&Arrepiar


    Beijos @Nanazudah
    http://meninacajuina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ola a todos , quero anunciar um blog muito bom . Uma das donas e muito fã da Maria Gadu
    http://www.tal-veneno.blogspot.com/

    SE VCS TIREM UM TEMPO PASSEM LÁ

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. por favor, nunca pare de postar. (: é bom ter algo pra ler dessa natureza.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir